Apresentação do Arco-Íris

LOGO 20 anos

O Grupo Arco-Íris de Cidadania LGBT é uma organização não-governamental, sob o registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas número 97468433/0001-08. Fundado em 21 de maio de 1993,  nestes 25 anos de atuação mantém sede com funcionamento regular na cidade do Rio de Janeiro, não tendo ao longo de sua história nenhum período de descontinuidade de suas atividades, e neste tempo vem pautando sua agenda voltada para lésbicas, gays, bissexuais, travestis, mulheres transexuais, homens trans e pessoas intersexo, com o enfoque na cidadania, promoção dos direitos humanos e de uma cultura de paz, combate à violência, justiça social, prevenção e atenção em IST, HIV/Aids e Hepatites Virais entre outras questões que busquem a melhoria da qualidade de vida dessa população.

O Grupo possui Utilidade Pública Municipal, Lei n°3131 de 05/12/2000, Utilidade Pública Estadual, Lei n°6444/99 de 23/02/2000; tem registros no Conselho Nacional de Assistência Social, n°232 de 09/09/1999 e Conselho Municipal de Assistência Social, n°208/99 de 20/07/1999.

É fundador da ABGLT – Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexos, onde atualmente ocupa a direção da entidade através de sua Secretaria Nacional de Saúde. Também é fundador da ILGALAC – Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans e Intersexos da América Latina e Caribe e é filiado à ILGA – Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans e Intersexos. A entidade fez parte da fundação da Rede Gay Latino, uma rede de homens gay latinos, ativistas pelos direitos das pessoas LGBT e comprometida com a resposta global ao HIV, formada em dezembro de 2015, e hoje ocupa uma cadeira no Conselho Executivo desta entidade.

A Instituição desenvolve projetos na área da promoção da cidadania, direitos humanos e acesso à justiça; saúde; educação; empoderamento juvenil; cultura; esporte e lazer; trabalho e renda entre outros. Uma de suas atividades com maior destaque e visibilidade é a realização da Parada do Orgulho LGBTI – Rio, pioneira do gênero e segunda maior do país e organizada pelo Grupo Arco-Íris desde 1995.

O Grupo Arco-Íris contou, para execução desses diversos projetos, com o apoio e financiamento de vários parceiros da sociedade civil, poder público e iniciativa privada, nacionais e internacionais, a exemplo da Unaids, Pact Brasil, USAID (EUA)Fundação Schorer (Holanda), Micro Rainbow International (Reino Unido), União Europeia, ICCO (Holanda), Fundo PositHivoDepartamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais do Ministério da Saúde do Brasil, Ministério da Justiça, Ministério dos Direitos Humanos, Ministério da Cultura, Ministério da Educação, FiocruzInstituto Rio, Ambev, Uber, entre outros.

A entidade já desenvolve há mais de 20 anos ações em prevenção de IST/HIV/Hepatites Virais, tendo executado projetos financiados pelo então Programa Nacional de DST/Aids (Projeto Sexo Mais Seguro entre Gays e HSH, Sexo mais Seguro para Surdos gays e HSH, Projeto Somos de capacitação de ONGS e Lideranças LGBT em cidadania e IST-HIV-AIDS, de 1998 a 2007, Projetos de Prevenção na Parada do Orgulho LGBT do Rio de Janeiro (algumas edições), entre outros.

E com apoio da União Europeia e a ICCO – Holanda, desenvolvemos, em parceria com o Grupo Pela VIDDA-RJ, os projetos Rio Buddy e Rede Buddy Brasil para o acompanhamento domiciliar a pessoas com Aids, de 1997 a 2006.

Além desses projetos, o Grupo, durante três anos contou com apoio da Pact Brasil, desde 2004 a 2007, para o projeto Prevenção Rio. Com a Fundação Schorer, conseguimos apoio para a realização do Programa Sagas, com os projetos Entre Garotos e Laços & Acasos sobre cidadania, saúde e prevenção para adolescentes e jovens gays e jovens lésbicas, respectivamente, e Entre Laços, de comunicação entre profissionais de saúde, educação e jovens lésbicas, gays e bissexuais para a redução da lgbtfobia; de 2007 a 2012.

Desde 2010 oferece em sua sede projeto de aconselhamento e testagem para o HIV, já tendo realizado em 7 anos 5.079 testes rápidos, com 632 resultados reagentes. Foi a primeira ong LGBT do país a ofertar gratuitamente o teste rápido de HIV por punção digital, através da parceria com o Projeto Quero Fazer, financiando pela USAID, executado pela Pact Brasil inicialmente, e posteriormente pela instituição EPAH. A ação de oferta de testagem manteve continua, graças às parcerias com o Laboratório de Análise Clínicas, do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, da Fiocruz. A ação está conectada com as pesquisas que englobam a população de Gays, Homens Bissexuais, Travestis e Mulheres Trans, em especial sobre a PrEP e aconselhamento e encaminhamento para a PEP, exames de pool de carga viral, entre outras. Conta ainda com o apoio da Gerência Estadual de DST/AIDS/Sangue e Hemoderivados e o Programa das Doenças Infecciosas Sexualmente Transmissíveis do Município do Rio de Janeiro, com insumos e materiais informativos.

Também oferece acompanhamento psicológico gratuito (desde 2004),  e numa parceria com o Centro Universitário IBMR há pelo menos 5 anos. Estudantes estagiários e profissionais formados atuam voluntariamente com enfoque no acolhimento de demandas, de LGBTs e seus familiares, principalmente oriundas da orientação sexual, identidade de gênero, lgbtfobia e soroconversão.

Desenvolveu em 2016 o projeto “@s Antenad@s: Qualidade de vida, Saúde e Prevenção entre Jovens LGBT”, com jovens LGBT frequentadores ou moradores de favelas e comunidades do Rio de Janeiro, financiado pelo Fundo PositHivo.

Em 2017, executamos o projeto de prevenção em IST-HIV-Aids e hepatites virais, chamado “TRANSformações: empoderamento de Jovens LGBT com enfoque nas Travestis e Transexuais”, na Zona Oste – Campo Grande, com jovens dos subúrbios da Zona Oeste da Cidade do Rio de Janeiro, financiado pelo Instituto Rio, pelo período de abril a dezembro de 2017.

Além da atuação na temática com projetos financiados, o Grupo sempre participou de espaços de controle social e de representações e de ações de articulação comunitária e governamental, participando de vários fóruns, congressos, seminários, cursos de atualização, entre outros. Atualmente ocupa a cadeira da presidência do Conselho Estadual dos Direitos da População LGBT do Rio de Janeiro; ocupando também assento no Conselho Estadual da Mulher e já tendo ocupado assento no Conselho Nacional LGBT e Conselho Nacional de Direitos Humanos. Também organizou e realizou diversos eventos, como encontros nacionais, regionais e locais sobre a temática de IST-HIV- AIDS e Hepatites Virais.

Além das ações voltadas para a cidadania e a prevenção, o grupo desenvolve projetos no campo cultural (como a Parada, com apoio incentivado de empresas privadas, 2016 e 2017) e do mundo do trabalho, desenvolve em sua sede no Rio de janeiro, o projeto Micro Rainbow Brasil, em parceria com a ong inglesa Micro Rainbow Internacional, com financiamento da União Europeia, para a empregabilidade e empreendedorismo LGBT, desde 2015 até 2018.

Em 2012, recebeu da Presidência da República o Prêmio Direitos Humanos, como reconhecimento de sua atuação em prol dos Direitos Humanos de LGBT.

“O Grupo Arco Íris é a possibilidade de você ser você mesmo, pensar diferente e ainda assim caminharmos juntos. Arco-íris é a troca de ideias, informações, experiências pessoais, emoções e carinho com outros seres humanos com interesses em comum. Acreditamos que ao falarmos alto sobre o que sempre tivemos sufocado, guardado e dissimulado, o nosso interesse homoerótico, nossa afetividade orientada para o mesmo sexo e nossa identidade de gênero. Enfim, nossa liberdade de sentir, estamos construindo algo de novo, a principio dentro de nós e entre nós e logo a seguir num universo maior de relações”.

Quer falar conosco?
(21) 2222-7286 // (21) 2215-0844
arco-iris@arco-iris.org.br

Quer nos fazer uma visita?
Rua Tenente Possolo, 43 – Centro do Rio de Janeiro
(funcionamos de 14h às 20h – seg à sex)