19ª PARADA DO ORGULHO LGBT RIO | Organizada pela ONG Grupo Arco-Íris de Cidadania LGBT, manifestação defendeu o fim da violência contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais

19ª PARADA DO ORGULHO LGBT RIO

Organizada pela ONG Grupo Arco-Íris de Cidadania LGBT, manifestação defendeu o fim da violência contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais

Serviços de cidadania e saúde integraram o evento que este ano reuniu 500 mil pessoas

Jane+e+Spiller

As bandeiras do arco-íris e da paz emolduraram o lema “Somos milhões de vozes” e a orla de Copacabana se transformou no cenário para milhares de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e simpatizantes – cidadãs e cidadãos de todo o Brasil – pedirem respeito e o fim da violência durante a 19ª Parada do Orgulho LGBT Rio – 2014, que aconteceu no domingo, dia 16 de novembro. Cerca de 1 milhão de pessoas foram para a avenida lutar pelos seus direitos e se divertir ao som de DJs e da bateria da escola de samba GRES Estação Primeira de Mangueira.

Os serviços de cidadania e saúde deram um destaque especial a Parada LGBT-Rio. A IBMR, Instituto Brasileiro de Medicina Reabilitação promoveu gratuitamente massagens, que foram realizadas por alunos e professores dos cursos de psicologia, estética e fisioterapia. A tenda Ação, Orgulho e Cidadania distribuiu 50 mil kits, contabilizando 750 mil camisinhas e lubrificantes.

Em uma das tendas ocorreu o lançamento do INM, que é um higienizador íntimo descartável. Foram distribuídos 10 mil higienizadores e lubrificantes para o público presente. Já na tenda Conscientização do PrEP (Profilaxia Pré-Exposição) era realizada a divulgação do medicamento antirretroviral utilizada por pessoa HIV negativa para se prevenir da infecção por este vírus. A PrEP ainda não é um método disponível no SUS, mas na Fiocruz está sendo estudada uma forma de viabilizar sua implementação no Brasil. Houve ainda o teste que permite o diagnóstico do vírus HIV. Os responsáveis foram o laboratório de Pesquisa Clínica em DST/AIDS do IPEC – Fiocruz em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde e o Grupo Arco-Íris. Foram realizadas 74 vacinas contra a Hepatite B e 54 teste para Hepatite B e C.

A gerente da Gerência de DST/AIDS/Sangue e Hemoderivados da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, Denise Pires, ressaltou que todas as pessoas que realizaram o teste de HIV e, obtiveram resultado positivo, foram encaminhadas com a primeira consulta marcada no ambulatório da Secretaria do Estado.

O Programa Estadual Rio Sem Homofobia distribuiu 100 mil preservativos e materiais informativos sobre violência homofóbica, mulher e racismo, além de promover a realização da 5ª Cerimonia Coletiva de Casamento Civil Homoafetivo. A Secretaria Municipal da Saúde e CEDS – Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual fez a distribuição de 200 mil preservativos masculinos, 100 mil lubrificantes, 5 mil preservativos femininos, 10 mil materiais educativos e 1 mil testes para fumantes verificarem a quantidade de monóxido de carbono no pulmão.

Na tenda da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro foram realizadas 213 orientações jurídicas envolvendo as questões LGBT. Os temas mais procurados foram casamento homoafetivo e 2º via de identidade.

 

 

A Parada do Orgulho LGBT Rio organizada desde 1995 pela ONG Grupo Arco-Íris de Cidadania LGBT leva para as ruas pessoas que lutam por direitos iguais, que combatem a intolerância, o preconceito e o ódio, dando voz àqueles que por tantos anos viveram à margem da sociedade. Num movimento pacífico a Parada LGBT-Rio lembrará as centenas de LGBTs que sofreram algum tipo de violência homofóbica e transfóbica no Rio de Janeiro no ano de 2013 por conta de sua orientação sexual e identidade de gênero.

 

TRIOS ELÉTRICOS

O trio de abertura reuniu diversas autoridades como o Deputado Estadual Carlos Minc, Paulo Abraão, Secretário Nacional de Justiça; o Coordenador Especial da Diversidade Sexual, Carlos Tufvesson, o Coordenador do Programa Rio Sem Homofobia, o Secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, João Carlos Mariano Santana Costa e a Deputada Federal Jandira Feghali. Também marcaram presença no trio oficial ativistas e militantes LGBT de diversas regiões do país. Pelo sétimo ano consecutivo, a divina diva Jane Di Castro interpretou o Hino Nacional. A cantora Rita Benneditto fez uma performance no trio interpretando duas composições do seu novo trabalho “Encanto”.

A atriz Letícia Spiller, os atores Rodrigo Sant’anna e Tadeu Mello, o diretor Paulo Vespúcio e parte do elenco do fime “O Casamento de Gorete” também estiveram na 19ª Parada do Orgulho LGBT Rio. Letícia fez uma saudação convocando para uma grande corrente de solidariedade e luta contra a homofobia. Movimentos sociais como Mães pela Igualdade e Jovens da Igreja Cristã Contemporânea, Lideres Religiosos de religiões de matriz africana, assim como integrantes do GRES Estação Primeira de Mangueira (que encerrou a Parada LGBT-Rio) também estiveram presentes.

 

 

ORGANIZAÇÃO E APOIO

A 19ª Parada do Orgulho LGBT-Rio é uma realização do Grupo Arco-Íris de Cidadania LGBT e Instituto Arco-Íris e com patrocínio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos do Governo do Estado, através do Programa Rio Sem Homofobia; da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, através da Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual (CEDS) e da Petrobras; contando ainda com o apoio da Secretaria do Ambiente do Governo do Estado do Rio de Janeiro /Instituto Estadual do Ambiente, Defensoria Pública do Estado, Secretaria de Estado de Saúde, Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil, Centro Universitário IBMR e Rádio FM O Dia.

 

 

Informações para a imprensa: Márcia Vilella | Letícia Reitberger | Júlia Quinan

Target Assessoria de Comunicação

Tels: 21 98158 9692 | 98158 9715| 97965 4313

www.target.inf.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *