NOTA DE REPÚDIO DO GRUPO ARCO-ÍRIS DE CIDADANIA LGBT AO SECRETÁRIO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E DIREITOS HUMANOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EZEQUIEL TEIXEIRA

                                                                                                                                                                                                                               Rio de Janeiro, 17 de fevereiro de 2016

 

NOTA DE REPÚDIO  DO GRUPO ARCO-ÍRIS DE CIDADANIA LGBT AO SECRETÁRIO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E DIREITOS HUMANOS  DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EZEQUIEL TEIXEIRA  

 

O Grupo Arco-Íris de Cidadania LGBT, com 22 anos de lutas e conquistas,   e que tem a missão de atuar como uma organização de referência na promoção da autoestima e cidadania de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais – LGBT, visando à transformação da sociedade por meio de ações de desenvolvimento organizacional, gestão do conhecimento, mobilização comunitária e defesa dos direitos humanos, para o exercício da livre orientação sexual e identidade de gênero vem a público manifestar  seu repudio e indignação quanto  a fala do Secretário de Assistência Social e Direitos Humanos , Ezequiel Teixeira , que é contraditória com a pasta que  representa , quando se coloca a favor da cura gay, contra o casamento homoafetivo e principalmente ao desmonte do Programa Rio sem Homofobia .

 

O Programa Rio sem Homofobia é um avanço e um ganho do movimento social em conjunto  com o Governo do Estado do Rio de Janeiro e com a Acadêmia, é uma luta de mais de duas décadas, é o resultado de uma metodologia de aplicação e  de uma rede de proteção básica especial a essa população, usada como modelo não só no Estado do Rio de Janeiro mas em todo o Brasil. O Programa serviu e ainda serve de referência para outros programas de Direitos Humanos e vem se reinventando ao longo da sua implantação. É injustificável o término desse Programa.

 

 Como pode um político de posições radicais assumir a pasta de Direitos Humanos? Infelizmente a população de lésbicas, gays ,bissexuais, travestis e transexuais continua sendo moeda de troca. Não venha dizer que é falta de dinheiro, pois como emprestam dinheiro a Empresas privadas para cobrirem suas dívidas?. Não podemos  admitir movimentos fundamentalistas atuando nos poderes Estadual e Federal.

 

EXIGIMOS A SAÍDA IMEDIATA DO SECRETÁRIO  EZEQUIEL TEIXEIRA DA SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E DIREITOS HUMANOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO!!!!!!

                                           

                                                                                                                  GRUPO ARCO-ÍRIS DE CIDADANIA LGBT